“Asseguro-te que todo aquele que tentar a compreensão literal dos escritos herméticos se perderá nos meandros de um labirinto, do qual nunca mais conseguirá sair” [ livre de artephius. bibl des philosophes chimiques]

Os trabalhos sobre os Calendários Maia são como mapas que assinalam o território. Não são o território em si.
Navegar no balanço da Serpente Cósmica é um reposicionar de conceitos e valores, e uma aprendizagem diária a observar e tomar consciencia.
Desenhar os simbolos é o primeiro passo para entender para onde eles apontam.
Cada dia há uma nova perspectiva por onde observar, e o seguir dos dias são etapas doutros pontos de vista mais vastos.

O calendário também nos ensina que cada ponto de vista é único e sagrado, e é trabalhando o nosso particular ponto de vista que poderemos estar mais presentes, e colher os frutos mais delicados nesta jornada da experiencia humana.

Ao invés do calendario gregoriano que reflete o movimento dos corpos celestes, este calendário galáctico é um convite a mergulhar no universo interior, seguir a intuição e deixar ir.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: